Notícias

Como manter a higiene em uma cozinha profissional

Publicado em 26 de julho de 2019

Um dos maiores desafios na cozinha profissional não é apenas desenvolver os melhores pratos ou garantir a contratação de cozinheiros excelentes. Um aspecto fundamental para o sucesso do seu negócio é conhecer as práticas mais adequadas para manter o ambiente higienizado e livre de contaminações.

Como se sabe, o fluxo de pessoas da cozinha profissional é intenso e – para conseguir manter as condições adequadas, preservando os equipamentos, assegurando que as superfícies que entram em contato com a comida estejam limpas e preservando a saúde de todos – é fundamental seguir alguns cuidados.

6 regras para manter higiene na cozinha profissional

Utilize produtos profissionais

Ao se falar dos procedimentos de higiene de uma cozinha profissional, não se pode ter como referência o que é feito na cozinha de casa. Conforme Resolução RDC 184, de 22 de outubro de 2001, da Anvisa, itens aceitáveis na cozinha doméstica, como detergentes para lavar louças com perfume são proibidos nas cozinhas profissionais.

Para higienizar uma cozinha profissional é fundamental utilizar produtos de limpeza profissional, que ofereçam qualidade e garantia na descontaminação do espaço, respeitando a aplicação correta de cada produto para garantir a eficácia dos resultados.

Limpe bancadas e superfícies

Tábuas de corte, bancadas de pia e outras superfícies podem ser umas das principais fontes de contaminação dos alimentos. Por isso mesmo, a atenção na higiene destes utensílios e nas áreas deve ser redobrada. Utilize detergente profissional e recorra sempre a água corrente e quente para enxaguá-las.

Deixe utensílios secarem naturalmente

Uma das melhores maneiras de evitar a contaminação cruzada é deixando tudo secar de maneira natural. Contudo, o ritmo intenso de trabalho de uma cozinha profissional e a grande demanda podem fazer com que não haja tempo para esperar. Nesse caso, esqueça de vez os panos de prato e invista em panos descartáveis, que são os mais adequados para este ambiente de trabalho.

Mãos sempre limpas

As unhas devem estar sempre curtas, sem esmaltes e anéis. Além disso, garanta que a área para lavar as mãos seja diferente do espaço para lavagem das panelas, utensílios, louças e aparatos do restaurante. Cuidado na lavagem das mãos: usar sempre sabonete líquido antisséptico, sem perfume, partindo de cada cotovelo para as mãos, esfregando vigorosamente palmas, dorsos, espaços interdigitais e em volta das unhas. Uma boa lavagem de mãos deve durar entre 1 e 1,5 minutos.

Atenção a temperatura

Nada pior para os alimentos do que a oscilação de temperatura dentro das geladeiras, freezers e câmaras frias. Isso pode fazer com que determinados ingredientes estraguem, que surja mau cheiro e ainda prejudicar a durabilidade dos equipamentos.

Armazenamento correto

O cuidado com os profissionais e os clientes está em cada detalhe de uma cozinha profissional. Na hora de guardar os produtos de limpeza, faça como mandam as recomendações nas embalagens.

Muitos destes produtos possuem limitações em relação a temperatura, à exposição a luz entre outras características que condicionam a validade e eficácia. Por isso, é importante seguir as indicações e manter a segurança de que a cozinha profissional ficará higienizada.

Fonte: Gazeta do Povo | Bom Gourmet