Notícias

Um Guia para Medição no Tratamento de Efluentes

Publicado em 06 de outubro de 2020

Saiba qual equipamento de vazão, pressão, nível e temperatura funciona melhor em cada fase do processo.

Os efluentes originam-se de muitas fontes, incluindo atividades industriais, uso doméstico, vários processos agrícolas, resíduos hospitalares e transportes. Refere-se à água que foi fundamentalmente alterada, geralmente na qualidade do fluido ou composição, mas também incluindo a temperatura.

Mas o que acontece com a água? Todo mundo já ouviu falar em estações de tratamento de efluentes, mas o que ocorre, e como é realizado? Este artigo investiga os princípios básicos no tratamento de efluentes, bem como soluções para cada processo.

Consumo e Tratamento Mecânico

A indústria de tratamento de efluentes requer processos contínuos de medição e controle.

A maioria das fontes de esgoto são provenientes de uso agrícola, industrial ou doméstico. Inicialmente, o objetivo do tratamento de efluentes é remover sólidos brutos e outras grandes contenções na água. Durante este processo inicial (referido como o processo de desarenação), a velocidade de efluentes na entrada é controlada, permitindo que a maior parte da água, cascalho e pedras assentem no fundo do canal, mantendo a maior parte do material orgânico suspenso na água.

Como os efluentes são tratados.

Este processo pode usar todos os aspectos básicos de medição (vazão pressão, nível e temperatura). Um medidor de vazão eletromagnético é normalmente recomendado porque a água flui diretamente através do medidor.

Medidor de vazão eletromagnético 

Os instrumentos de medição e controle, são usados para medir as taxas de fluxo volumétrico de qualquer fluido que possa conduzir eletricidade adequadamente em tubulações fechadas.

Um transmissor de pressão diferencial à prova de explosão pode ser a escolha ideal neste caso. Ele usa um sensor de pressão de capacitância para medir a pressão diferencial. Este sensor é frequentemente selecionado em aplicações de monitoramento de nível para medir líquidos e gases, e para remover o vapor.

Um transmissor de nível ultrassônico oferece medição contínua dos níveis e volumes de mídia em tanques abertos e fechados.

Ele também fornece medição de vazão em canais abertos através do uso de ondas ultrassônicas.

Um transmissor de temperatura à prova de explosão é frequentemente recomendado. Este é um transmissor de temperatura de alto desempenho baseado em microprocessador.

Inclui sensor flexível de entrada e saída, compensação automática da temperatura ambiente e uma função de autodiagnostico para determinar o erro no instrumento e alertar o usuário.

Tratamento Biológico

O processo de tratamento secundário consiste num tratamento biológico. Inclui os processos anaeróbio, bem como aeróbio. O objetivo principal deste processo é reduzir e remover a concentração de compostos orgânicos e inorgânicos. Isso é importante porque até 90% da matéria orgânica pode ser removido com sucesso através dele. O tratamento biológico usa microrganismos específicos, como bactérias e protozoários para quebrar e decompor a matéria orgânica. Após este tratamento, uma bomba de água é usada como clarificador secundário.

Este processo pode usar medição de vazão, pressão e temperatura. Os instrumentos recomendados são frequentemente um medidor de fluxo eletromagnético, um transmissor de pressão diferencial à prova de explosão e um transmissor de temperatura, também à prova de explosão.

Coleta e Concentração

O lodo produzido pelo tratamento primário e secundário é de aproximadamente 99% de água. Um tanque de espessamento é usado para coletar o lodo, deixá-lo decantar e separar-se da água dentro de um período de 24 horas. Em seguida, a água é enviada de volta para os tanques de aeração para tratamento adicional.

Para este processo, o fluxo e a medição de nível são importantes. Um medidor de fluxo eletromagnético ou um medidor de vazão tipo vórtices é um bom ajuste. Um medidor de vazão de vórtices é um instrumento versátil que calcula o fluxo de massa, vazão volumétrica, temperatura, pressão e densidade de qualquer líquido, gás ou vapor através de uma tubulação usando o princípio de derramamento de vórtice. Um transmissor de nível ultrassônico é uma boa opção.

Digestor e Armazenamento de Metano

Pós espessamento, o lodo é tratado para torná-lo mais seguro para o meio ambiente. O lodo é colocado em um tanque sem oxigênio chamado digestor e aquecido de 32 °C a 35 °C, por 15 a 20 dias. Isso estimula o crescimento de bactérias anaeróbias que consomem o material orgânico no lodo. O processo de digestão estabiliza o lodo espesso convertendo grande parte do material em água, dióxido de carbono e gás metano. O lodo negro que permanece após a digestão tem a consistência da sopa de ervilha e tem pouca cor.

Este processo pode usar todos os quatro aspectos básicos de medição (vazão, pressão, nível e temperatura). Medidores de vazão eletromagnéticos, transmissores de nível ultrassônicos, transmissores de pressão diferencial à prova de explosão e transmissores de temperatura à prova de explosão são frequentemente recomendados.

Desaguamento do Lodo e Descarte

A desidratação reduz o volume líquido do lodo. O lodo digerido é enviado através de centrífugas que operam como a centrifugação de uma máquina de lavar. A força das centrífugas separa a maior parte da água dos sólidos no lodo, criando uma substância conhecida como biossólido. A adição de polímero orgânico melhora a consistência da substância agora semelhante a um bolo, resultando em um produto mais firme e gerenciável.

Para este processo, vazão, nível e pressão devem ser medidos. Recomenda-se um medidor de fluxo eletromagnético e um transmissor de pressão diferencial à prova de explosão. Para o nível, um transmissor de nível por radar é geralmente recomendado.

Este é um dispositivo que usa tecnologia de radar para medição contínua dos níveis de diferentes tipos de mídia.

Também pode ser usado para medir níveis de materiais corrosivos, viscosos e abrasivos sem sofrer nenhum dano.

A principal vantagem deste dispositivo é a sua capacidade de realizar medições precisas sob condições extremas de temperatura e pressão. Não é afetado pela densidade, viscosidade ou a condutividade do meio. Pode igualmente ser usado para medir níveis de materiais corrosivos, viscosos e abrasivos sem sofrer nenhum dano.

 

Fonte: Portal Saneamento Basico.